Postagem em destaque

Ação evangelizadora no Brasil

No Brasil, a Igreja agora se orienta para novas frentes de implementação do anúncio querigmático do Evangelho. A Conferência Nacional dos...

Follow by Email

Inicio » » O Bom Samaritano

O Bom Samaritano

10 de abril de 2015

Cada evangelista relata uma imagem diferente do mesmo Jesus de Nazaré, ou seja, dependendo da teologia do evangelista, alguns traços são mais ou menos realçados para sublinhar sua mensagem. Lucas apresenta Jesus como imagem do Deus misericordioso e bom, sempre disposto a perdoar. Para o Terceiro Evangelista, em primeiro lugar, está a misericórdia. Tal misericórdia, como já vimos, transparece nos encontros de Jesus, em cada gesto seu, nas suas parábolas, especialmente na parábola em estudo, na qual Jesus mesmo pode ser dito como o bom samaritano que acolhe a humanidade caída.
Tradução
“v.25 “Καὶ ἰδοὺ νομικός τις ἀνέστη ἐκπειράζων αὐτὸν λέγων, Διδάσκαλε, τί ποιήσας ζωὴν αἰώνιον κληρονομήσω;”
E eis um mestre da Lei se levantou, pondo-o à prova a ele dizendo: Mestre, fazendo o que herdarei a vida eterna?
v.26 “ὁ δὲ εἶπεν πρὸς αὐτόν, Ἐν τῷ νόμῳ τίγέγραπται; πῶς ἀναγνώσκιεις;”
E Ele (Mestre) disse a ele: Na Lei, o que está escrito? Como lês?
v.27 “ὁ δὲ ἀποκριθεὶς εἶπεν, Ἀγαπήσεις κύριοντὸν θεόν σου ἐξ ὅλης [τῆς] καρδίας σου καὶ ἐνὅλῃ τῇ ψυχῇ σου καὶ ἐν ὅλῃ τῇ ἰσχύϊ σου καὶ ἐν ὅλῃ τῇ διανοίᾳ σου, καὶ τὸν πλησίον σου ὡςσεαυτόν”
E ele, respondendo, disse: Amarás ao Senhor o teu Deus, desde todo o teu coração e com toda tua alma e com toda a tua força e com toda a tua mente e ao teu próximo como a ti mesmo.
v.28 “εἶπεν δὲ αὐτῷ, Ὀρθῶς ἀπεκρίθης· τοῦτο ποίει καὶ ζήσῃ”.
Disse-lhe: Corretamente respondeste; faze (tu) isto e viverás.
v.29 “ὁ δὲ θέλων δικαιῶσαι ἑαυτὸν εἶπεν πρὸς τὸν Ἰησοῦν, Καὶ τίς ἐστίν μου πλησίον”;
Mas ele, querendo justificar a si mesmo, disse a Jesus: E quem é meu próximo?
v.30 “ὑπολαβὼν ὁ Ἰησοῦς εἶπεν, Ἄνθρωπός τις κατέβαινεν ἀπὸ Ἰερουσαλὴμ εἰς Ἰεριχὼ καὶ λῃσταῖς περιέπεσεν, οἳ καὶ ἐκδύσαντες αὐτὸν καὶ πληγὰς ἐπιθέντες ἀπῆλθον ἀφέντες ἡμιθανῆ”
Respondendo, Jesus disse: Certo homem descia de Jerusalém a Jericó, e caiu em mãos de salteadores, os quais despojando-o e causando ferimentos, foram embora, deixando-o semimorto.
v.31 “κατὰ συγκυρίαν δὲ ἱερεύςτις κατέβαινεν ἐν τῇ ὁδῷ ἐκείνῃ, καὶ ἰδὼν αὐτὸν ἀντιπαρῆλθεν”
Por coincidência, um sacerdote descia naquele caminho e, vendo-o, foi pelo lado oposto.
v.32 “ὁμοίως δὲ καὶ Λευίτης [γενόμενος] κατὰ τὸν τόπον ἐλθὼν καὶ ἰδὼν ἀντιπαρῆλθεν”
Igualmente também um levita, descendo pelo lugar, chegando e vendo, foi pelo lado oposto.
v.33 “Σαμαρίτης δέ τις ὁδεύων ἦλθεν κατ΄ αὐτὸν καὶ ἰδὼν ἐσπλαγχνίσθη”
Um samaritano indo pelo caminho, veio até ele e, vendo foi movido por compaixão.
v.34 “καὶ προσελθὼν κατέδησεν τὰ τραύματα αὐτοῦ ἐπιχέων ἔλαιον καὶ οἶνον, ἐπιβιβάσας δὲ αὐτὸν τὸ τἴδιον κτῆνος ἤγαγεν αὐτὸν εἰς πανδοχεῖον καὶ ἐπεμελήθη αὐτοῦ.
E, aproximando-se, atou as feridas dele, derramando em cimaóleo e vinho, colocando-o sobre o seu próprio animal, levou-o a uma hospedaria e cuidou dele.
v.35 “καὶ ἐπὶ τὴν αὔριον ἐκβαλὼν ἔδωκεν δύο δηνάρια τῷ πανδοχεῖ καὶ εἶπεν, Ἐπιμελήθητι αὐτοῦ, καὶ ὅ τι ἂν προσδαπανήσῃς ἐγὼ ἐν τῷ ἐπανέρχεσθαί με ἀπδώσω σοι”
E, no dia seguinte, tirando dois denários, deu-os ao hospedeiro e disse: Cuida dele e todo o que gastares a mais, eu, quando voltar, reembolsarei a ti.
v.36 “τίς τούτων τῶν τριῶν πλησίον δοκεῖ σοι γεγονέναι τοῦ ἐμπεσόντος εἰς τοὺς λῃστάς;”
Quem destes três te parece ter sido o próximo do que caiu entre os salteadores?
v.37 “ὁ δὲ εἶπεν, Ὁ ποιήσας τὸ ἔλεος μετ΄ αὐτοῦ Ἐἶπεν δὲ αὐτῷ ὁ Ἰησοῦς, Πορεύου καὶ σὺ ποίει ὁμοίως”
E ele disse: O que praticou a misericórdia com ele. Então, disse a ele Jesus: Vai e tu e faze (o mesmo) igualmente.”
A perícope no conjunto da obra
O Evangelho de Lucas dá destaque à viagem de Jesus da Galileia para Jerusalém. A Cidade Santa é o ponto de chegada da missão de Jesus e o ponto de partida da Palavra, ou seja; será o começo da missão dos discípulos relatada nos Atos dos Apóstolos. Na cidade de Jerusalém vai chegar ao seu cumprimento total o programa de Jesus (cf. Lc 4,18-19; 19,29-40; At 1,8) e daí a Palavra vai se divulgar até os confins da terra (Roma).
Depois da Galileia, Jesus começa sua grande viagem pela Samaria, passando por Jericó. Jericó é um lugar que o viajante atravessa para ir a Jerusalém a não ser que tome a rota pelo Jordão, preferida por muitos por causa dos perigos da rota de Jericó. Esta viagem é considerada a segunda parte do Evangelho (cf. Lc 9,51–19,27), sendo a primeira parte os grandes feitos de Jesus na Galileia (cf. Lc 4,14–9,50).
Finalmente, a terceira parte relata a estadia de Jesus em Jerusalém com os acontecimentos finais (cf. Lc 19,28–24,53). Jesus está voltado, não só para um lugar geográfico, mas para a realização do acontecimento pascal, a partir do qual inicia a obra evangelizadora da Igreja no mundo. O esquema geográfico assume, pois, um sentido teológico e cristológico. A viagem se torna, assim, um caminho para a cruz (CASALEGNO, 2003, p.133).
A perícope estudada está na segunda parte, ou seja, no caminho da Galileia a Jerusalém. É no caminho para lá que Jesus manifesta ainda mais toda sua misericórdia. Assim como o samaritano é um viajante que socorre o homem caído, Jesus é o Bom Samaritano que no caminho para Jerusalém socorre a humanidade caída.
Delimitação da perícope
A perícope anterior (Lc 10,1-24)
Somente Lucas relata a missão dos setenta e dois discípulos (cf. Lc 10,1-24) embora a grande parte do material se achasse em Mateus porque talvez venha da fonte Q. O número varia segundo os manuscritos, setenta ou setenta e dois; sendo que a maioria dos exegetas preferem setenta e dois, isto, por causa da sua significação simbólica, porque o Sinédrio contava com esse número de membros.
O relato está dividido em três partes: a primeira são orientações para pregar a Palavra (cf. 10,1-12), a segunda parte apresenta o vaticínio contra Corazain e Betsaida por causa de sua incredulidade (cf. 10,13-16) e a terceira parte fecha a perícope com a volta dos setenta e dois (cf. 10,17-24). Notamos que a perícope é composta de três cenas, formando uma pequena unidade, com começo, meio e fim.
A perícope posterior (Lc 10,38-42)
A perícope que segue o relato do bom samaritano é o texto de Marta e Maria. O texto informa que “Jesus entrou num povoado e certa mulher, chamada Marta, o recebeu em sua casa” (Lc 10,38). Nota-se aqui uma clara demarcação geográfica, além da introdução de um novo personagem, Marta, seguida de sua irmã Maria. Tais indicações são evidencias de que a perícope anterior teve seu fim demarcado no versículo que precedeu tal informação.
O bom samaritano (Lc 10,25-37)
No meio das duas perícope, está o relato do Bom Samaritano (10,25-42), com uma história completa, bem começada e bem acabada, com a resposta do doutor da Lei, o interlocutor de Jesus, plenamente respondida pelo Mestre de Nazaré.
Na próxima série prosseguiremos a reflexão sobre a perícope.
Por:








Leia também os sete artigos anteriores da série “O Jesus misericordioso em Lucas”:
Anterior Proxima Página inicial