Quem Somos

A Congregação dos Barnabitas foi fundada por três homens: Santo Antônio M. Zaccaria (1502-1539), médico e sacerdote; Venerável Bartolomeu Ferrari (1493-1544), tabelião e sacerdote; Venerável Tiago Antônio Morigia (1493-1546), arquiteto e sacerdote. Apesar de Antônio Maria ser o mais novo dos três, sempre foi considerado o Fundador, por causa de seu espírito vivo, de sua iniciativa e de sua firmeza de atitudes.
Segundo as palavras do próprio fundador, Santo Antônio Maria Zaccaria, somos “plantas e colunas da renovação do fervor cristão”.
Vivemos espalhados pelo Brasil e pelo mundo, e na humildade, servimos ao povo de Deus conforme o espírito do Apóstolo São Paulo (somos a primeira congregação na história da Igreja a ter São Paulo como patrono). De fato nosso fundador, movido de admiração e amor para com São Paulo, deixou como herança a seus filhos e filhas (Irmãs Angélicas) o espírito deste grande Apóstolo, apresentado por ele como pai e guia.
O nosso nome oficial é Clérigos Regulares de São PauloClérigos, porque viemos das fileiras do clero diocesano de Milão; Regulares, porque vivemos em comunidade, seguimos a mesma regra de vida e professamos os votos de pobreza, castidade e obediência; de São Paulo, porque temos o Apóstolo como pai da congregação, como modelo e guia espiritual. 
Logo no início de nossa história, o povo de Milão chamou os primeiros padres de “Barnabitas”, porque, na primeira comunidade onde moraram, a igreja era dedicada aos apóstolos Paulo e Barnabé. E, até hoje, somos assim conhecidos.
E nossa família religiosa ainda tem mais dois ramos: as Irmãs Angélicas de São Paulo e o movimento Leigos de São Paulo.
Página inicial