Postagem em destaque

Ação evangelizadora no Brasil

No Brasil, a Igreja agora se orienta para novas frentes de implementação do anúncio querigmático do Evangelho. A Conferência Nacional dos...

Follow by Email

Inicio » » Quem é Santo Antônio Maria Zaccaria

Quem é Santo Antônio Maria Zaccaria

10 de março de 2016



Amigos e amigas do blog vocacional barnabita, vocês querem saber quem é Santo Antônio Maria Zaccaria? Além de consultar o link correspondente no nosso blog, que tal ler esse breve artigo com as opiniões de pessoas como vocês, que leram e meditaram a Carta 1 do nosso santo.
Santo Antônio Maria Zaccaria
-          É um homem determinado, de atitudes firmes, decidido e perseverante,
-          Tinha grande sensibilidade e generosidade,
-          Amava muito as pessoas, sofria quando as comunicações inter-pessoais se interrompiam, não se esquecia dos amigos e fazia questão de manter as amizades,
-          Confiava no próximo, chegando até a engrandecer a pessoa dos outros,
-          Mostrou-se compreensivo com os outros, preocupado e carinhoso com o próximo. Foi um homem de caridade,
-          Em relação a si mesmo, revelou-se um homem humilde: ele sabia que, sozinho, não daria conta de caminhar; reconhecia seus erros e limitações, não tendo vergonha de pedir que rezassem por ele; não era orgulhoso; foi paciente e não desistia de caminhar,
-          Em relação a Deus, se revelou como um homem cheio de fé e de gratidão. De novo revela humildade quando, por causa dos seus defeitos, se julga não merecedor do amor de Deus.
Essas foram conclusões de pessoas simples da capela intitulada a Santo Antônio Maria Zaccaria, que fica em Samambaia (DF). Na época, 2004, a capela ainda era uma casa velha improvisada e que comportava, no máximo, 60 pessoas.

      Vocês podem encontrar o texto da Carta 1 de nosso Fundador no nosso blog, no link Escritos. Procure, você também, aproveitar para conhecer o nosso santo através da leitura e meditação de suas palavras. O nosso blog oferece a você esta oportunidade.


               Escrito por: Pe. Luiz Antônio do Nascimento Pereira, CRSP












Anterior Proxima Página inicial