Postagem em destaque

Profissão Solene do Ir. Lima

No dia 5 de Agosto final de semana passado o nosso caro Ir. Lima deu seu sim definitivo na sua profissão solene, ao passo que o terceiro do...

Follow by Email

Inicio » » Jesus como judeu histórico

Jesus como judeu histórico

22 de outubro de 2014

O Jesus da história viveu e morreu como judeu. Nota-se que a dificuldade para compreender a Jesus surge no mesmo debate sobre o Jesus histórico e o Cristo da fé.
Efetivamente desde 1950 houve um trabalho forte com a intenção de descobrir o fundador do cristianismo. E não vai ser algo surpreendente que Jesus seja estudado integralmente como judeu. Apesar de que a maioria reconhece não haver um caminho para o Jesus do século I na Galiléia.
Em suma, há um consenso dos novos pesquisadores que Jesus era um judeu “marginal”, um camponês, homem inserido na fé. Ele pensava tal qual uma pessoa da sua época.
No entanto, para os judeus os evangelhos apresentam enormes problemas por terem passagens com claro antissemitismo, pelo julgamento e a crucifixão. Incrivelmente os acontecimentos foram narrados por judeus com exceção de Lucas.
Decerto, considerando toda a história, para os judeus não há uma visão ou opinião unânime sobre a figura de Jesus. Não é pensado e falado sobre Jesus, porém no fundo parece ser considerado um irmão dos judeus.
Admitindo que seja difícil colocar a Jesus em qualquer corrente judaica do século primeiro, temos somente testemunhas de brigas contra os fariseus e outros grupos religiosos. Mas ninguém pode negar que foi um am haareç, um camponês religioso.
Em síntese, os aspectos originais do Jesus judeu é o seu celibato, o contato com os leprosos e proscritos, partilhava com os pecadores. É o messias? Em suma, todos os fatos mencionados compõem a figura de um judeu incomum do século I.
Por:
Contato: cristosj@hotmail.com







REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA
BRUTEAU, Beatrice, Jesus segundo o judaísmo, São Paulo, Paulus, 2003.p. 45-51.
Anterior Proxima Página inicial