Postagem em destaque

ORDENAÇÃO PRESBITERAL

No dia 08 de Dezembro de 2017, Solenidade da Imaculada Conceição de Nossa Senhora, na comunidade Igreja Matriz Sagrada Família, Mococa – SP...

Follow by Email

Inicio » » I Domingo do Tempo do Advento

I Domingo do Tempo do Advento

1 de dezembro de 2012

Queridos irmãos e irmãs,
Saudações no Cristo que Vem!
Hoje iniciamos mais um tempo litúrgico na Igreja, o Advento. Até a vinda definitiva do Senhor vamos ciclicamente vivendo os tempos litúrgicos.
O Advento apresenta um duplo caráter, que celebra a espera do Salvador na glória (Parusia) e a sua vinda na carne (Encarnação).
O primeiro Domingo orienta para parusia final, o segundo e o terceiro chamam a atenção para a vinda cotidiana do Senhor; o quarto Domingo nos prepara para a natividade de Cristo ao mesmo tempo fazendo dela a teologia e a história. A liturgia contempla ambas as vindas de Cristo, em íntima relação entre si.
A primeira leitura, pela boca do profeta Jeremias, o Deus da aliança anuncia que é fiel às suas promessas e vai enviar ao seu Povo um “rebento” da família de Davi. A sua missão será concretizar esse mundo sonhado de justiça e de paz: fecundidade, bem-estar, vida em abundância, serão os frutos da ação do Messias.
A segunda leitura nos exorta a não nos instalarmos na mediocridade (tibieza) e no comodismo (normosidade), mas a esperar numa atitude ativa (firmeza e decisão) a vinda do Senhor. É fundamental, nessa atitude, a vivência do amor: é ele o centro do nosso testemunho pessoal, comunitário, eclesial.
O Evangelho de São Lucas nos narra Jesus, o Messias filho de Davi, anunciando a todos os que se sentem prisioneiros: “alegrai-vos, a vossa libertação está próxima. O mundo velho a que estais presos vai cair e, em seu lugar, vai nascer um mundo novo, onde conhecereis a liberdade e a vida em plenitude. Estai atentos, a fim de acolherdes o Filho do Homem que vos traz o projeto desse mundo novo”. É preciso, no entanto, reconhecê-lo, saber identificar os seus apelos e ter a coragem de construir, com ele, a justiça e a paz.
Assim, com o I Domingo do Advento, começa o ano litúrgico. Para nós cristãos, a essa altura, já é propício para se desejar um bom ano. Agora é o momento oportuno para apresentar o desenrolar de um ciclo litúrgico no seu conjunto. Descobrir este caminho de oração, comum aos católicos do mundo inteiro, permite falar também da importância da prática regular. É tempo para tomar boas resoluções para o novo ano, o ano litúrgico.
Por: André Maria C. M. Carvalho, religiosos barnabita.
Anterior Proxima Página inicial