Postagem em destaque

Ação evangelizadora no Brasil

No Brasil, a Igreja agora se orienta para novas frentes de implementação do anúncio querigmático do Evangelho. A Conferência Nacional dos...

Follow by Email

Inicio » » A força transformadora da palavra

A força transformadora da palavra

10 de março de 2015

Na conversão de Saulo, a palavra de Jesus, teve uma força transformadora que até o mais endurecido coração não seria capaz de resistir. Neste contexto, vejamos o que aconteceu com Saulo antes de conhecer Jesus Cristo (cf. At 8,1-40; 9,1-25).
Um homem culto, conhecedor da Lei e obediente a ela até as últimas consequências (no caso em questão a perseguição aos cristãos: At 8,1-4). Saulo estava determinado a acabar com todos os cristãos (e acabar com os cristãos quer dizer: fazê-los renunciar o nome de Jesus de uma vez por todas e custe o que custar), não só ele, mas como todos os doutores da Lei; o que Saulo não sabia e nem imaginava era que este mesmo Jesus, ao qual perseguia, iria aparecer e entrar em sua vida para transformá-lo de perseguidor a apóstolo.
  Neste instante Jesus dá, ao mesmo tempo, uma ordem e uma missão a Saulo: “agora levante-se, entre na cidade, e aí dirão o que você deve fazer” (At 9,6). A ordem de Jesus para Saulo é simples, mas cheia de complicação: por que Saulo não recuou a esta ordem uma vez que, quem dera a ordem era perseguido por ele? Por que não voltou para Jerusalém, lugar onde os doutores da Lei poderiam ajudá-lo já que fora enviado por eles? A estas perguntas só há uma resposta: o coração de Saulo já estava rendido à força das palavras de Jesus!
Ananias, outra figura muito importante neste texto, poderia recusar-se também em receber Saulo, já que sabia de quem se tratava. Mas, mesmo com medo, obedece a voz do Senhor que diz: “vá, porque esse homem é um instrumento que eu escolhi para anunciar o meu nome aos pagãos, aos reis e ao povo de Israel” (At 9,15).
Ananias então, obediente à voz do Senhor, impôs as mãos sobre Saulo dizendo: “Saulo, meu irmão, o Senhor Jesus, que lhe apareceu quando você vinha pelo caminho, me mandou aqui para que você recupere a vista e fique cheio do Espírito Santo” (cf. At 9,17). Assim, a estas palavras, o homem é renovado passando de Saulo para Paulo, de perseguidor a perseguido por causa do nome de Jesus; anuncia o Reino de Deus a todos os povos sem hesitação, sem medo, com audácia, com perspicácia.
Portanto, caríssimos, que neste tempo quaresmal possamos nos deixar ser transformados pela força das palavras de Jesus que ecoa ainda hoje com mais insistência e força: “O tempo já se cumpriu e o Reino de Deus está próximo. Convertei-vos e crede no Evangelho” (Mc 1,15).
Por:


Anterior Proxima Página inicial