Postagem em destaque

Profissão Solene do Ir. Lima

No dia 5 de Agosto final de semana passado o nosso caro Ir. Lima deu seu sim definitivo na sua profissão solene, ao passo que o terceiro do...

Follow by Email

Inicio » » Província do Brasil Centro-Sul inicia a experiência do Propedêutico

Província do Brasil Centro-Sul inicia a experiência do Propedêutico

12 de setembro de 2014

No último dia 4 de agosto de 2014, memória de São João Maria Vianey, foi reaberto, depois de vários anos,  o Seminário Mãe da Divina Providência, anexo ao Santuário de Nossa Senhora de Loreto, em Jacarepaguá, Rio de Janeiro, agora abrigando a etapa do Propedêutico, tempo do primeiro contato com as realidades da nossa Congregação dos Padres e Irmãos Barnabitas.
Nesta primeira experiência do Propedêutico, somos dois jovens: Adriano do Nascimento Feitosa, 22, natural de São Paulo (SP) e Willian Douglas Pereira de Oliveira, 20, natural de Coronel Fabriciano (MG), orientados pelo Padre Luiz Antônio, tento como colaboradores o estudante André Carlos e os religiosos barnabitas das comunidades do Rio de Janeiro, e a contribuição de leigos (professora de português e psicóloga).
O Propedêutico é marcado, como nas outras etapas da formação, pela participação diária da Eucaristia, alimento essencial de nossa vida, da recitação da Liturgia das Horas (Laudes, Vésperas e Completas), do diálogo com Deus por meio da Leitura Orante da Sagrada Escritura. As primeiras noções sobre o Apóstolo Paulo, sobre Santo Antônio Maria Zaccaria (vida e Escritos) e sobre os santos da Congregação, bem como sua História também fazem parte do nosso dia a dia. É claro que não falta a experiência de vida comunitária.
No Propedêutico, tem-se a oportunidade de refletir sobre a vocação e suas exigências dentro do contexto em que vivemos.  Também são apresentados os pressupostos que fundamentam a própria Vida Consagrada Barnabita.
Além de tudo isso, temos a oportunidade da experiência pastoral na Paróquia, conhecendo as realidades de alguns movimentos e pastorais (Catequese de Crianças, Coroinhas, EAC) e auxiliando nas Celebrações Eucarísticas, tornando-se, na medida do possível, úteis para o próximo e procurando viver para a honra de Cristo, como diz Santo Antônio Maria Zaccaria.
Por:
Adriano do Nascimento Feitosa
Willian Douglas Pereira de Oliveira
Anterior Proxima Página inicial