Postagem em destaque

ORDENAÇÃO PRESBITERAL

No dia 08 de Dezembro de 2017, Solenidade da Imaculada Conceição de Nossa Senhora, na comunidade Igreja Matriz Sagrada Família, Mococa – SP...

Follow by Email

Inicio » » O Espírito Santo nos une e nos envia

O Espírito Santo nos une e nos envia

25 de maio de 2015

Durante cinquenta dias caminhamos à luz da Páscoa, celebrando a ressurreição de Jesus Cristo. A vinda do Espírito Santo vem completar a "nova criação" que Deus realiza por meio de seu Filho, o novo Adão. Em Cristo, Deus renova, recria o mundo conforme a obra de seu Filho Jesus, obra que levamos avante guiados pela força do Espírito Santo (Rm 8, 14). Podemos afirmar que o mundo que jaz morto no pecado, ressuscita com Cristo, pelo Espírito Santo dado à sua Igreja que é semente do Reino de Deus na História (LG 3).
Em Pentecostes, a Igreja desejada por Jesus como "pequeno Rebanho" (Lc 12, 32) é insuflada pelo sopro do Espírito e surge como "missão a serviço do Reino de Deus". Mais do que dizer que a Igreja tem uma missão, podemos dizer que o Reino de Deus tem uma Igreja missionária a seu serviço, para difundi-lo no mundo. Assim, a Igreja reverte o acontecimento da Torre de Babel, onde ninguém se entendia pela confusão das línguas. Em Pentecostes acontece o contrário: o Espírito, através da Igreja, difunde no mundo a linguagem do amor, o qual inclui a justiça com o perdão e a misericórdia.
Pela linguagem do amor, o Espírito une a diversidade na força do ressuscitado: "um só Senhor, uma só fé, um só batismo" (Ef 4, 5). O mesmo Espírito produz a multiplicidade de dons e ao mesmo tempo produz a unidade, pois o Espírito Santo é o amor de Deus que tudo une. O mundo de hoje, maravilhoso no seu aspecto tecnológico e científico, precisa de um novo Pentecostes para perceber que é o Espírito Santo a fonte de toda novidade, inspiração e força criativa do ser humano.
Em nossa profissão de fé: “creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica”, a Igreja é entendida a partir do Espírito Santo, como lugar em que Deus, por Jesus atua no mundo na dinâmica do Espírito: “Recebereis o Espírito Santo e series minhas testemunhas”(At 1,8). O Espírito Santo nos convida à unidade: somos membros diversos do mesmo Corpo (Rm 12, 3-8; 1 Cor 12, 3-13). Ideologizar a mensagem do Evangelho é um perigo que ronda nossas comunidades, tornando-as "casa de estranhos", onde pessoas estão juntas, mas não unidas.
Ao mesmo tempo, a força e o dinamismo do Espírito impelem a Igreja para a missão. E hoje, em tempo de mudança de época, mais que nunca é necessário ouvir o que diz o Espírito Santo à Igreja (cf. Ap 2, 27). Mais do que nunca é necessário perceber os "sinais dos tempos" que pedem uma "conversão pastoral" (cf. DAp 365-366). Na força do Espírito que recebemos, saibamos construir a unidade na diversidade e na adversidade. Ao mesmo tempo, tenhamos a paixão pela missão, cada dia mais urgente é exigente.

 Dom Pedro Carlos Cipollini
Bispo de Amparo (SP)

Fonte: cnbb.org.br
Anterior Proxima Página inicial