Postagem em destaque

Profissão Solene do Ir. Lima

No dia 5 de Agosto final de semana passado o nosso caro Ir. Lima deu seu sim definitivo na sua profissão solene, ao passo que o terceiro do...

Follow by Email

Inicio » » Uma consagrada é mãe e não uma solteirona, diz o Papa a religiosas

Uma consagrada é mãe e não uma solteirona, diz o Papa a religiosas

9 de maio de 2013


Na manhã de ontem, 8, o Papa Francisco se reuniu com 900 religiosas da União Internacional de Superioras Gerais e disse que "a consagrada é uma mãe e não uma solteirona", ao referir-se à castidade fecunda que gera filhos espirituais na Igreja.
As religiosas em representação de 1900 ordens e congregações de todo o mundo e de aproximadamente 700 mil religiosas nos cinco continentes, escutaram atentamente as palavras do Pontífice que lhes disse: "O que seria da Igreja sem vocês? Faltaria a maternidade, o afeto, a ternura e a intuição de mãe!".
O Santo Padre falou da obediência, pobreza e castidade e recordou que "o verdadeiro poder é o serviço, que tem seu cume luminoso na Cruz", e expressou seu lamento pelo "grande dano que causam alguns homens e mulheres de Igreja que são carreiristas ao Povo de Deus e à mesma Igreja".
O Papa alentou as religiosas "seguir com entusiasmo e com alegria o Evangelho de Cristo. Sejam alegres porque é belo seguir Jesus, é belo chegar a ser ícone vivente da Virgem e de nossa Santa Mãe Igreja hierárquica".
Disse que Cristo deve ser sempre o centro e que a "vida consagrada seja sempre uma luz no caminho da Igreja" e lhes recordou a "obediência à vontade de Deus, na pobreza evangélica, tocando a carne de Cristo pobre nos humildes, nos necessitados, nos doentes e nas crianças".
O Pontífice também agradeceu as religiosas pelo importante apostolado que realizam ao serviço de Cristo e do Evangelho, "Obrigado! Queridas irmãs, estejam seguras que as acompanho com carinho. Eu rezo por vocês e também vocês rezem por mim".
As religiosas que agora retornarão a suas casas logo depois de participar do encontro: "O serviço da autoridade segundo o Evangelho" levarão o carinho do Papa que diz "saúdem suas comunidades de minha parte, sobretudo às irmãs doentes e às jovens".
Fonte: acidigital.com
Anterior Proxima Página inicial